Novo revestimento promete ajudar no descongelamento de aviões

Nessa época do ano é muito comum ler notícias ou ver fotos de neve nos países da europa ou nos Estados Unidos, por exemplo. Porém esse cenário tão bonito com a neve trás alguns problemas para o cotidiano, como por exemplo os aviões precisam ser descongelados, como no vídeo abaixo.

No ano passado, cientistas da Colorado State University inventaram um revestimento que repele o gelo da superfície. Além de poder ser utilizado na indústria aeronáutica, para a remoção do gelo da superfície do avião, também pode ser utilizada em navios e carros.

O revestimento consiste em um gel polimérico da classe dos silicones, o PDMS (polidimetilsiloxano). Esse material já é amplamente utilizado para outras aplicações, até mesmo na indústria de cosméticos.

Para testar a qualidade do produto para essa aplicação foi estudado a resistência de adesão do gelo, com base na tensão de cisalhamento necessária para remover o gelo de uma determinada superfície, mensurado em kilopascal (kPa).  Como resultado, foi necessário 5 kPa para remover o gelo na superfície com o revestimento desenvolvido pelo grupo. Já para remove-lo de uma superfície com revestimentos disponíveis do mercado foi necessário 40 kPa e 100 kPa para superfícies com Teflon. Vale lembrar que quanto menor a tensão necessária, mais fácil de remover o gelo, então baseado nesses testes, o revestimento com PDMS seria a melhor opção. Além disso, o material apresenta outra vantagens, como menor custo, durabilidade e sustentabilidade.

Hoje, os produtos líquidos mais utilizados tem como base etilenoglicol ou propilenoglicol e segundo uma pesquisa da US Environmental Protection Agency, mais de 20 milhões de galões desses químicos são utilizados por ano só pelas empresas de aviação, podendo causar problemas ambientais na hora do descarte.

Referências:

Soft coating provides firm protection against ice

How And Why We ‘De-Ice’ Aircraft Before Takeoff

Compartilhar Matéria:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *